Acelera Cerrado
Inscrições gratuitas até 09 de maio

Programa 100% gratuito e online

O Programa Acelera Cerrado vai realizar atividades de capacitação 100% online e gratuitas para 40 (quarenta) Organizações da Sociedade Civil (OSC) que trabalham para a conservação do cerrado brasileiro, com o objetivo de fortalecer suas capacidades de gestão e de atingir resultados positivos relacionados à missão e propósito de cada uma.

Acelera Cerrado é realizado pelo Impact Hub Brasília, com parceria do Impact Hub Curitiba e apoio e financiamento do Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos (CEPF), Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), Instituto humanize, Instituto Nova Era e Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, para direcionar seus esforços em torno do desenvolvimento sustentável do Hotspot Cerrado por acreditar que colaborar para manter o Cerrado em pé e valorizar as comunidades locais contribui para conservação da biodiversidade e geração de renda.

Por que participar?

Conteúdos interativos
Encontros online e em tempo real com a equipe do Impact Hub, especialistas reconhecidos e organizações de todo o Brasil.
Mentorias individuais
Acompanhamento individualizado para o desenvolvimento da sua organização nos principais temas propostos.
Aprendizagem colaborativa
Ferramentas colaborativas, Comunidades de Prática, interação entre as OSC e outros atores, troca de conhecimento e experiência entre as organizações.
Experiência online
Programa 100% online e em plataforma de aprendizagem exclusiva para proporcionar acessibilidade, engajamento e conexões.

O Acelera Cerrado acontecerá de Junho/21 a Fevereiro/22 e serão dois encontros semanais, com duração entre 2h e 4h, no período da manhã, além de atividades solicitadas pelos especialistas, com uma dedicação semanal estimada em cerca de 10 horas.

Confira alguns dos temas que serão abordados:

Juntos pelo Cerrado brasileiro

O Cerrado é o 2º maior bioma do Brasil e da América Latina, possui uma grande biodiversidade e é conhecido como a savana brasileira. O território abrange cerca de 22% do Brasil o que equivale a 200 milhões de quilômetros quadrados, com uma variedade de tipos de solo, clima e relevo. Atualmente o Cerrado é o segundo Bioma mais ameaçado no país.

Nossa Abordagem

Mais que transmitir conhecimento, queremos impulsionar mudança de comportamento

O acesso a conhecimento técnico de qualidade é apenas um dos aspectos fundamentais em projetos inovadores de capacitação. Trabalhar os indivíduos responsáveis pela implementação das mudanças que queremos estimular é a outra face da moeda. Por isso, elegemos como metodologia norteadora da nossa atuação a Teoria U, uma metodologia que propõe que a qualidade dos resultados que um sistema social cria depende da qualidade da consciência dos participantes que operam nele. Além de conduzir os representantes das 40 OSC em uma Jornada U, também vamos utilizar outras ferramentas de inovação e liderança, como Teoria da Mudança, Art of Hosting e Comunidades em Práticas.

Facilitadores

Amanda Riesemberg


Amanda Riesemberg é empreendedora e ativista social. Publicitária de formação, dá voz às causas na BC, agência de marketing que desperta o potencial de mobilização social das organizações. Atua como presidente da Nossa Causa, organização que existe para potencializar a atuação de pessoas interessadas em mudar o mundo. É palestrante, vice-curadora da comunidade Global Shapers hub Curitiba, multiplicadora Politize!, certificada em Gestão de Projetos Sociais pelo PMD Pro e está se especializando em Gestão de Negócios Sociais.

Ruy Fortini


Especialista em captação de recursos online para organizações filantrópicas. Atua como Diretor Executivo da Doare, onde mobilizou mais de R$50 milhões em doações para o setor social. Trabalha com design e tecnologia há 14 anos e já fundou outras 3 empresas, tendo vendido uma.

Ivy Frizo de Melo


Facilitadora de processos e consultora em Design de Culturas Regenerativas. É formada em Biologia, mestra e doutora em Ecologia (UFSCar). Desenvolveu parte de sua pesquisa no Museu de História Natural de Londres. Tem especialização em Educação Ambiental (USP) e em Empreendedorismo Social pelo Youth Initiative Program (YIP-Suécia). Realizou consultoria para a Fundação Roberto Marinho e para o Ministério da Educação, no projeto Ciência é 10! para produção de conteúdo. Atuou com ONGs de conservação ambiental (IPEC). Assessorou o Instituto de Socioeconomia Solidária (ISES) na incubação de negócios sociais no Maranhão. Foi facilitadora e gestora de projetos para o protagonismo jovem na Quíron Educação e co-gestora de Comunidades no Sistema B Brasil. Fez a gestão do projeto da Escola de Bioconstrução do Fundo Social. Tem formação em diversas tecnologias sociais como Dragon Dreaming, Art of Hosting, Comunicação Não-violenta, Teoria U, Culture Hacking. Se aprofundou em linguagens de autogestão e governança dinâmica como Sociocracia 3.0 e Organizações Orgânicas. Atualmente integra a ONG MAPAS e é membra especialista da Rede Harmony with Nature, ONU. Tem como foco de atuação a facilitação de processos colaborativos e consultorias para o fomento de Culturas Regenerativas nas organizações.

Ronaldo Bach


Advogado, consultor e negociador internacional. Doutorando em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília (UnB). Bacharel em Ciências Militares e graduado em Administração e Comunicações por meio da formação na Academia Militar das Agulhas Negras (1994); e em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2002). Possui especialização em Direito Público, Direito da Administração Pública, Direito, Estado e Constituição, Direito do Trabalho, Direito Militar, Direito Tributário, Direito Processual Civil, Direito e Tecnologia, Direito Penal, Guerra Eletrônica e em Bases Geo-Históricas para formulação Estratégica. Possui LLM em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (2015). É mestre em Operações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (2002) e mestre em Direito e Políticas Públicas pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) (2016). Foi professor na Escola de Comunicações e no Centro de Instrução de Guerra Eletrônica, onde coordenou a pós-graduação. Especialista em Acordos de Compensação e Contratos Complexos. Professor de Direito, Gestão de Projetos, Inovação e Negociação na Faculdade SENAC/DF. Pesquisador do GETEL/UnB e GETRIINT/UnB.

Evaldo de Sousa Leite


Possui Graduação em Bacharelado em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília - UnB (2006), Complementação Pedagógica - Licenciatura Plena em Matemática pela Faculdade Capixaba de Nova Venécia-ES (2011) e Licenciatura em Educação Física pela Faculdade Albert Einstein - FALBE-DF (2018). É pós-graduado em Finanças pela Escola Superior de Administração ESAD-DF e detém especialização em Docência do Ensino Fundamental, Médio e Superior pelo Instituto Darwin de Educação e Pesquisa-DF. Atualmente é analista judiciário - Supremo Tribunal Federal, professor de educação básica da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal e professor assistente - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - DF. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis.

Georgia Cunha


Georgia Cunha é consultora e facilitadora de processos atuando em rede. Tem como propósito levar sensibilidade e consciência para jornadas de inovação, estratégia e impacto positivo em organizações. É Mestre em Gestão da Sustentabilidade e Responsabilidade Social Corporativa pela Bocconi de Milão e tem MBA em Gestão de Projetos pela FGV-SP. Professora no Master in Business Innovation (MBI) da Universidade Federal de São Carlos. Idealizadora da Vivência Online em Teoria U para Organizações. Já facilitou ou co-facilitou jornadas de U.Lab em instituições como: CREN, Instituto Evoluir, Impact Hub São Paulo, Move Social, Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS), Instituto Leo Social e Nivea Brasil. Atualmente está coordenando um projeto de cocriação da Teoria de Mudança e Política de Investimento Social para um novo Instituto no setor da saúde.

Nathalia Eberhardt Ziolkowski


Nascida em Campo Grande – Mato Grosso do Sul; 35 anos de idade, Graduada em Ciências Sociais - Sociologia, Antropologia, Ciência Política – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul; Mestrado em História - Ênfase em história das mulheres e representações sociais - Universidade Federal da Grande Dourados. Em minha trajetória profissional, desenvolvo trabalhos com comunidades rurais, comunidades negras (quilombolas), comunidades indígenas e comunidades ribeirinhas no Pantanal - 12 anos de experiência. Trabalho com mulheres em situações de violência em zonas rurais e urbanas - 14 anos de experiência. Atuação na incidência política com o poder público e desenvolvimento de políticas públicas para as mulheres - 12 anos de experiência. Sou educadora popular, ativista do movimento feminista, com atuação nas áreas de defesa dos direitos humanos das mulheres; mulheres, meio ambiente e conservação ambiental; enfrentamento as violências baseadas em gênero e exploração de mulheres; defesa dos direitos sexuais e direitos reprodutivos – 16 anos de vivências.

Wilson Nobre Filho


Wilson Nobre é engenheiro e mestre em administração, especialista em inovação com as metodologias da Teoria U e Design Thinking, professor da FGV-EAESP desde 1998, empresário desde 1984 nas áreas de tecnologias de projeto, gestão integrada de empresas e otimização de processos de negócio. É conselheiro da FIESP Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e formulador de várias iniciativas sociais para a proteção ao meio ambiente, desenvolvimento sustentável e segurança pública. Lidera a introdução e expansão da Teoria U no Brasil. Com mais de 40 anos de atuação profissional, prestou consultoria e educação para centenas de empresas de todos os portes e setores de negócio. Recentemente atuou como servidor público no MEC por curto período. Hoje, se dedica à inovação, recolocando o humano no centro da estratégia e da atenção das organizações e das políticas públicas.

Deise Nicoletto


Deise é a fundadora do Impact Hub Brasília. Economista e pós-graduada em administração estratégica, sua experiência foi focada em uma conjuntura coletiva integrativa para todos os atores envolvidos, na busca da melhor estratégia e solução possível de negócio, e esse foco tomou maior proporção quando fez sua especialização em Negócios Sociais e Inclusivos. Antes da especialização, trabalhou por alguns anos com planejamento estratégico em multinacionais e startups como: LBR, Knijknik Engenharia, Brown Forman e Pernod Ricard Brasil. Após uma carreira dedicada a desenvolver negócios dessas empresas, sentiu necessidade de aplicar sua expertise para um nicho que gerasse, ao mesmo tempo, sustentabilidade financeira e também resolvesse um problema social. Em 2015, estudou este crescente nicho de mercado e conheceu o Impact Hub em São Paulo. Desde então, começou a dedicar-se ao ecossistema. Em conjunto com atores relevantes da área em Brasília, realizou o 1º Fórum de Finanças Sociais e Negócios de Impacto que contou com 400 participantes. Realizou também o programa de Pré-aceleração Impacta Cerrado que pré-acelerou 14 negócios de impacto social de Brasília e entorno e mais de 15 eventos para o ecossistema de impacto de Brasília, programas em parcerias com a CAIXA, Caixa Seguradora e WWF. Hoje, busca com suas ações, tornar o mundo um lugar melhor e mais igualitário.

Programa gratuito para capacitar Organizações da Sociedade Civil
que trabalham para a conservação do Cerrado brasileiro.

Pré-requisitos

Para se inscrever, a organização deve:

  1. Tratar-se de organização sem finalidade lucrativa (Associação, Instituto ou Fundação) ou Cooperativa Social (enquadradas na Lei nº 9.867, de 10 de novembro de 1999);
  2. Ter no mínimo um ano de existência formal, comprovável através do CNPJ, Estatuto ou Ata de constituição;
  3. Ser capaz de demonstrar que desenvolve atividades com foco na conservação do cerrado, através da apresentação de documentos, como artigos, imagens, contratos, website etc.;
  4. Disponibilidade de ao menos 1 (um) representante da organização, com poder de tomada de decisão (exemplo: presidente, gestor(a), diretor (a) geral), cujos responsáveis legais sejam maiores de 18 anos, com possibilidade de dedicação semanal de 10h por toda a duração do programa.

Processo de Seleção

  1. Inscrição até 09/05/2021 pelo link
  2. Avaliação interna do comitê de seleção
  3. Entrevistas com as organizações pré-selecionadas
  4. Divulgação da lista final de organizações selecionadas até 02/06/2021
Inscrições gratuitas até 09 de maio

Perguntas Frequentes

1O programa é gratuito?
Sim, as vagas do programa são financiadas pelo Aliança Cerrado e CEPF, permitindo que o programa seja gratuito para as Organizações da Sociedade Civil.
2O processo de seleção é via edital?
Não, a seleção será por meio de um processo seletivo em que o comitê de seleção selecionará as organizações que atendam aos pré-requisitos mínimos e que sejam mais aderentes ao objetivo do programa.
3Podem participar OSCs de todo o Brasil?
Não, o Acelera Cerrado é voltado para organizações da Sociedade Civil com atuação na região do Cerrado brasileiro.
4Preciso sair de casa para participar do Programa?
Não, o programa é 100% Online. O programa realizará encontros online e ao vivo com interação em tempo real com facilitadores e outras organizações, atividades utilizando ferramentas digitais e assessorias online para acompanhamento do desenvolvimento de cada organização.
5Quem da organização deve participar dos encontros?
É fundamental que a liderança da organização participe das capacitações, uma vez que no programa serão discutidos temas estratégicos e que demandam poder de decisão para realizar as mudanças propostas. Além disso, é pré-requisito mínimo a participação de uma pessoa com poder de decisão durante todo o programa.
6A inscrição nesta página garante a minha vaga no programa?
Não, esta é apenas a primeira etapa do processo seletivo. A organização deve cumprir com as outras etapas para completar a inscrição.
7Quando minha vaga no programa será confirmada?
A divulgação das organizações selecionadas será feita até o dia 02/06/2021.
8Onde encontro as informações sobre os conteúdos e facilitadores?
O Acelera Cerrado é conduzido pela equipe da Impact Hub Brasília, com grande experiência no desenvolvimento de pessoas e organizações de impacto de todas as regiões do Brasil. A ementa com mais detalhes do conteúdo será divulgada no início do programa e poderão sofrer adaptações conforme necessidades e demandas das organizações participante.